Quem tem RESIDÊNCIA PRINCIPAL EM PORTUGAL e se encontra transitoriamente em França pode regressar a Portugal por via aérea ou terrestre.

Várias companhias aéreas mantêm voos. Consulte os respetivos sites para mais informação.

Quem viajar de carro, terá que provar na fronteira que reside em Portugal.

Informa-se ainda que quem entrar em Portugal estará sujeito a QUARENTENA OBRIGATÓRIA, no seguimento de indicações da DGS.

Se tem RESIDÊNCIA PRINCIPAL EM FRANÇA, não parta para Portugal. Já se registam casos de infeção em Portugal importados de França. Não contribua para propagar o vírus.
Continue em casa e respeite as regras do confinamento decretado pelas autoridades francesas.

Não se exponha a riscos desnecessários. Proteja-se a si, proteja todos!

  • Partilhe